Quais filmes te fizeram chorar?

Aproveitando o relançamento do rei das lágrimas “Titanic”, agora em 3D – e meu momento melancólico provocado por motivos já expostos aqui –, compartilho com vocês 5 filmes nos quais não consegui conter as lágrimas (algo, aliás, que acontece com maior freqüência agora que sou pai). São eles:

[AVISO: não leia os comentários logo abaixo de cada título se não assistiu ao filme, pois contém spoilers]

AS PONTES DE MADISON (1995)

Só mesmo tendo um coração de pedra para não se comover ao ver a mão de Francesca naquela maçaneta.

CAMPO DOS SONHOS (1989)

Por um lado, sou um pai completamente apaixonado, por outro, um filho com ótimo relacionamento com meu pai. Portanto, fica fácil entender porque não consigo segurar as lágrimas ao ver Kevin Costner, com a voz embargada, dizer: “Hey dad, do you want to have a catch?”.

CORAÇÃO VALENTE (1995)

Não preciso dizer mais nada, está tudo neste texto. Foi a primeira vez que me senti impactado por uma obra na vida. Simples assim.

TOY STORY 3 (2010)

A nostálgica lembrança dos tempos de infância misturada à percepção de que um dia verei meu filho também deixar esta deliciosa fase da vida para trás me faz chorar até mesmo ao escrever este texto.

UM SONHO DE LIBERDADE (1994)

Nem mesmo depois de assistir dezenas de vezes à obra-prima da década de 90 consigo evitar a emoção ao ver o reencontro daqueles dois amigos verdadeiros. Poderoso!

Menção honrosa: “À Procura da Felicidade” (2006), obviamente, na cena do banheiro em que Smith distrai o filho contando histórias.

É claro que existem muitos outros, afinal, tornei-me um chorão de primeira nos últimos anos, mas estes são os primeiros filmes que me vieram à cabeça e certamente me marcaram bastante.

E você? Quais filmes foram capazes de te fazer chorar?

Compartilhe com a gente!

Um abraço e bom debate.

Texto publicado em 23 de Abril de 2012 por Roberto Siqueira

Anúncios

41 Respostas to “Quais filmes te fizeram chorar?”

  1. Gabriel Says:

    Boa pergunta:

    1) Cenas finais de “Dois Coelhos” e “Proibido Proibir”

    2) Cena de “O Vencedor” onde o Bale canta “I started the joke” com a mãe

    3) Babel e 21 gramas

    4) A vida dos outros

    5) Cidade dos Homens

  2. jorge andre Says:

    Um filme de desenho q chorei muito quando criança foi Spirit e ainda choro mais um filme que não gostei muito do final mais que chorei na sua metade foi As Palavras que me deu angustia só de pensar que ele não poderia voltar atras. Mais um filme que nunca deixarei de chorar é Procura-se Um Amigo Para o Fim do Mundo que se eu assistir mil vezes todas elas irei chorar pois o que eu gosto dele é a angustia que ele trás de não poder voltar atras a e é claro filmes clássicos como Sempre ao Seu Lado não tem como não chorar!!!

  3. Anônimo Says:

    o

  4. robert vagner Says:

    O gladiador

  5. Dimas Says:

    Um filme que assisti e me levou as lagrimas foi ( O que fizeram de nossos Filhos ) se não estiver engado com Danis Quaid . Um lindo e emocionante filme para assistir em familia. Uma pena que não mais tive a cópia deste filme que passou na década de 90 na seção da tarde Globo. Se por acaso alguém o tiver de a dica.

    • Roberto Siqueira Says:

      Olá Dimas,
      Procurei o DVD na internet e não encontrei também. Fiquei curioso.
      Um abraço e obrigado pela participação.

  6. Mari Says:

    Eu costumo me emocionar com cenas diferentes das que a maioria das pessoas se emocionam…

    →Em Coração Valente, não é o “FREEDOM” DE Willliam Wallace que me leva às lágrimas, é o momento em que ele descobre a traição do amigo… ele chega a sentar no chão de tão desnorteado que fica. É a melhor cena do filme todo.

    →Em Cidade dos Anjos, enquanto todo mundo chorava a morte de Meg Ryan, o meu nocaute veio quando Seth, olha para o amigo procurando uma resposta pra o aconteceu. O silêncios dos dois tentando entender a lógica de Deus é muito f@#$$.

    →Adrien Brody tocando piano para um ofcial da SS em O Pianista… desidratei!

    • Roberto Siqueira Says:

      Olá Mari,
      Na citada cena de “Coração Valente” eu também fico desconcertado. Um momento sublime do filme, que eu adoro.
      As outras cenas citadas também são ótimas.
      Um abraço e obrigado pela participação.

  7. Kaio Cézar Says:

    Nossa é muito verdade a cena do banheiro que o Will Smith fez na minha opnião é a melhor de sua carreira, não é a toa que foi cotado para o oscar no ano, muito emocionante mesmo.Agora um Sonho de Liberdade sem palavras, e a Lista de Schindler no momento que Lian Nelsson olha para o anel em seu dedo e diz que poderia ter salvo mais um ou dois judeus, a sua expressão deu um nó na minha garganta como nenhum outro filme jamais me proporcionou.As pontes de Madison eu peguei o dvd na mão para comprar mas desisti de última hora, vou compra-lo assim que tiver oportunidade

  8. Maria Vitória Santos Says:

    Toda vez que vejo a última cena de Toy Story, choro, mais existem filmes que não são tristes mas que de tão bons me fizeram chorar, copm Crepúsculo dos Deuses, Aurora, Acossado e Os Incompreendidos, todos filmes sensacionais!

  9. Angelo Nieiro Says:

    Um que, nao digo que chorei, mas que caiu uma lagrima junto com o personagem, foi no final de As Confissões de Schmidt, quando Warren Schmidt terminar de ler a carta, me emocionei. Outro tambem, foi dançando no escuro, esse me emocionei demais no final.

  10. Janerson Says:

    Olá, Roberto. Me senti bastante tocado com o belíssimo Tomates Verdes Fritos, especialmente quanto a velha e bondosa Ninny volta ao famoso café onde era feito o famoso prato e vê o local em ruínas. Outra cena e outro filme: o pequeno T.J. de O Campeão, rouba a cena toda a vez que entra em ação, especialmente no final ao chorar a morte de seu pai.
    Daniel Hillard de Uma Babá Quase Perfeita é, ao mesmo tempo hilário e comovente, especialmente no final ao falar sobre a separação entre os pais. Um assunto sempre delicado. Por fim, Um Sonho de Liberdade… a cena onde os presos estão reformando o telhado da cadeia e na visão sonhadora de Red era “como se estivéssemos sobre os telhados de nossas casas…” realmente remete à ideia de como seria sentir-se privado de sua liberdade e como gestos assim podem devolver ao homem a sua dignidade.
    Grande Abraço

    • Roberto Siqueira Says:

      Boas lembranças Janerson.
      Entre todas elas, minha favorita é a cena de “Um Sonho de Liberdade”. Memorável.
      Abraço.

  11. cross98 Says:

    Você acha Titanic um filme que leva as lagrimas?

  12. Cyci Says:

    Poxa! São muitos!
    Peixe Grande, Forrest Gump, A Difícil Arte de Amar, A Casa dos Espíritos, Toy Story 3… mas me debulho fácil, fácil… tem um filme francês chamado O Oitavo Dia, vi há muuuuitos anos, creio que foi um dos filmes mais tristes que assisti! Mas são muitos… o mais recente foi Histórias Cruzadas.

  13. antonio francisco de sousa Says:

    A Cor Púrpura foi o primeiro que me arrancou lágrimas, mas Lixo Extraordinário é covardia, é praticamente uma surra bem dada e o resto é pura emoção.

  14. Anônimo Says:

    Bem, eu chorei assistindo ENCHENTE- quem salvara nossos filhos. Afinal a historia e real.

    Vinicius

  15. Tchuly Says:

    Eu sou uma daquelas manteigas derretidas. Choro com comercial, livro, música.. Com cinema então… Mas alguns filmes conseguem me fazer chorar várias vezes. Chorei e continuo chorando com As Pontes de Madison também (essa cena da maçaneta é demais), com Casablanca e Cinema Paradiso… Mas se eu for escrever todos aqui, ninguém vai ter paciência para ler…

    • Roberto Siqueira Says:

      Oi Ceci.
      Casablanca me emociona também, mas não cheguei a chorar. Cinema Paradiso é um caso a parte, acho que foi o mais votado aqui.
      Um abraço e obrigado pela participação ilustre.

  16. augustomerlin Says:

    Eu chorei em Toy Story 3 lógico, chorei em A cor púrpura, na cena da igreja (Eu sei que ela apela, porém…) chorei muito na sequência inicial de UP e choro até hoje quando vejo Peixe Grande e suas história maravilhosas pelas lembranças (infelizmente cada vez mais distantes) de meu falecido avô.

    E para confessar algo, pelas lembranças do filme e pelo momento que estou passando estou a beira de chorar no momento que escrevo este comentário.

    • Roberto Siqueira Says:

      Olá Augusto,
      Eu também choro nesta sequência de Up. Assistirei Peixe Grande e suas histórias maravilhosas em breve, fiquei muito interessado.
      Um abraço e obrigado pela participação.

  17. Ju Guzzo Says:

    Chorei muito com A árvore da Vida. Não conheço (pessoalmente ninguém) que tenha gostado do filme. Que dirá se emocionado com ele…
    Me derreti em litros com Cinema Paradiso. Filme mais lindo em todo o Cinema não há!
    Olga também me fez chorar. Mesmo depois do fim eu continuei chorando.
    Em O Pecado da Fé , e Marley e eu.
    E outros…

    • Roberto Siqueira Says:

      Oi Ju, assisti recentemente A Árvore da Vida e gostei muito.
      Cinema Paradiso também me emocionou e creio que emociona qualquer cinéfilo.
      Um abraço e obrigado pela participação.

  18. Cris Says:

    Também me emocionei com todos esses filmes, em As Pontes de Madison, não conseguir conter as lágrimas, Meryl Streep brilha como Francesca, na cena da chuva então, quando ela segura a maçaneta, a vontade de ir, e a obrigação de ficar. Conta Comigo também me emociona muito, porque me traz uma certa nostalgia da infância.
    Parabéns

  19. cross98 Says:

    Forrest Gump , na cena final me comoveu e Cinema Paradiso, uns 50 minutos de choro. Eu adoro todos os filmes citados acima ( mas eu ainda não assisti Pontes de Madison ). Tambem fiquei um pouco triste com Marley & Eu , mas chorei bastante no livro. Choroes unidos kk

    • Roberto Siqueira Says:

      Bem lembrado Mateus, Marley & Eu emociona mesmo, especialmente quem tem ou teve animais de estimação.
      Abraço e obrigado pela participação.

    • cross98 Says:

      Esqueci de citar tbm menina de ouro

    • Roberto Siqueira Says:

      Bem lembrado. Um dos filmes mais tristes dos últimos tempos…

  20. Luciano Gomes Says:

    Pra chorar, não existe filme para comparar ao Cinema Paradiso… Uma obra de arte sem igual.

  21. Achilles de Leo Says:

    Toy Story 3 me arrancou lagrimas nas duas vezes que assisti. Mas acho que ja superei essa carga emocional, e nao creio que irei me abrir tanto na proxima visita.

    Agora, Mary e Max… Ja assisti 4 vezes e, em todas, derramei lagrimas e mais lagrimas na cena em que a agridoce protagonista se ve rodeada de porta-retratos. E como o choro nao podia ser contido facilmente, eu ainda estava vertendo lagrimas quando os instantes finais me fizeram chorar mais ainda.

    Eh um sufoco, rapaz.

    • Roberto Siqueira Says:

      Que legal Achilles, valeu por compartilhar conosco este sufoco. rs
      Uma abraço e obrigado pela participação!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: