Dez personalidades imortais do cinema

Finados é um feriado marcado pela saudade. Todos nós temos (ou, infelizmente, teremos) pessoas queridas que merecem nossa eterna lembrança, não apenas nesta data, mas em muitos momentos de nossas vidas. Por isso, por mais que eu raramente leve feriados muito a serio, procuro respeitar o dia 02 de Novembro, muito mais pelo sentimento que este dia evoca na maioria das pessoas.

Mas, respeitosamente, deixemos para cada um as lembranças pessoais e voltemos ao cinema. Ainda que não se possa comparar a intensidade da saudade que sentimos diante de uma perda real e próxima, existem certos artistas que também nos fazem falta e, somente ao pensar que jamais voltaremos a ver algo inédito de qualquer um deles, nos sentimos tristes. Eu, por exemplo, sinto falta de alguns músicos, esportistas, etc., às vezes apenas pelo trabalho genial deles (Kurt Cobain, Michael Jackson), em outros casos também pela importância que tiveram em minha vida (Ayrton Senna é o exemplo mais claro).

No cinema, este sentimento é ainda mais curioso, já que eu sinto falta de pessoas que sequer continuavam trabalhando ou, o que é ainda pior, que já tinham morrido quando eu nasci. Como explicar, por exemplo, que eu me entristeça ao pensar que jamais verei algo novo de Charles Chaplin?

Para nós, amantes da sétima arte, existe uma galeria de nomes que permanecerão na memória eternamente. Pensando sobre isso, eu decidi criar este post e perguntar a vocês leitores quais personalidades do cinema você gostaria de homenagear neste dia. Felizmente, os nomes mais marcantes da minha geração estão vivos, por isso minha lista contém pessoas que me marcaram muito mais pela qualidade como profissionais, salvo raras exceções como o próprio Chaplin, que sempre me despertou enorme interesse também por suas posições políticas e visão social. Como não posso criar uma lista enorme, decidi escolher dez personalidades do cinema que estão imortalizadas na minha memória. São elas:

Charles Chaplin (*1889 +1977)

Alfred Hitchcock (*1899 +1980)

Grace Kelly (*1929 +1982)

Ingrid Bergman (*1915 +1982)

Orson Welles (*1915 +1985)

Stanley Kubrick (*1928 +1999)

Katharine Hepburn (*1907 +2003)

Marlon Brando (*1924 +2004)

Paul Newman (*1925 +2008)

Elizabeth Taylor (*1932 +2011)

E agora vem a pergunta: Qual personalidade do cinema você gostaria de homenagear neste dia de finados?

Um abraço e bom debate.

Texto publicado em 02 de Novembro de 2012 por Roberto Siqueira

Anúncios

6 Respostas to “Dez personalidades imortais do cinema”

  1. wellington Says:

    James dean e heath ledger dois grandes atores que morreram jovens

    • Roberto Siqueira Says:

      É verdade Wellington, pensei muito na possibilidade de incluir os dois na lista.
      Abraço e obrigado pelo voto.

  2. Urbano Aparecido Loureiro Says:

    Olá, Roberto. Minha homenagem vai para dois ícones do western: John Wayne e Gary Cooper.
    Abraço

  3. Janerson Says:

    Olá, Roberto. Renderia homenagem a dois ícones que em muito contribuíram para o cinema fazendo com que a arte de interpretar parecesse algo bastante fácil e natural. Me refiro aos atores Edward G. Robinson e Spencer Tracy.
    Abraço.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: