OSCAR 2003: CHICAGO X O PIANISTA

Seguindo minha comparação entre o vencedor do Oscar de Melhor filme e aquele que eu considerei como a melhor produção do ano, chega à vez do ano de 2002 (Premiação em 2003). Gosto de “Chicago”. Acho um musical interessante, bem dirigido e atuado e com ótimos números musicais. Ainda assim, jamais daria o prêmio de Melhor Filme ao longa dirigido por Rob Marshall num ano em que tínhamos, por exemplo, “As Horas”, “O Senhor dos Anéis – As Duas Torres” e “Irreversível”. Além destas obras claramente superiores ao musical, tínhamos ainda “O Pianista”, justamente vencedor do prêmio de Melhor Diretor e que, inexplicavelmente, não venceu o prêmio de Melhor Filme.

Porque “O Pianista” é melhor?

Apesar do tema já ter rendido inúmeros grandes filmes na história do cinema, é sempre interessante assistir um bom longa sobre o holocausto. E “O Pianista” cumpre com perfeição sua proposta, mostrando de forma fria e direta a vida duríssima dos judeus (e todos os povos dominados) naquele período. Além disso, conta com uma atuação inspirada de Adrien Brody, uma fotografia impecável e, é claro, a excelente direção de Polanski. Apesar dos grandes filmes do ano – “As Horas”, em especial, merece muito destaque – não vejo nenhuma obra superior a “O Pianista”. Por isso, o longa dirigido pelo ótimo Roman Polanski levaria meu voto.

E pra você, qual o melhor filme de 2002 e por quê?

Um abraço e bom debate.

Texto publicado em 28 de Março de 2010 por Roberto Siqueira

Anúncios

17 Respostas to “OSCAR 2003: CHICAGO X O PIANISTA”

  1. Rodrigo Peruchi Says:

    Chicago: péssima escolha da Academia…

  2. José Henrique Says:

    Beto, você pretende escrever sobre “As Horas” algum dia? É meu filme favorito e gostaria muito de ler uma análise detalhada sobre ele no Cinema & Debate, mas não encontrei no arquivo do site. Por favor, considere a ideia .
    Parabéns pelo trabalho!
    Um abraço,
    José Henrique

    • Roberto Siqueira Says:

      Obrigado pelo elogio José.
      Escreverei sobre “As Horas” quando chegar o ano dele na Videoteca, já que o filme faz parte da minha coleção.
      Agradeço mais uma vez o elogio.
      Grande abraço.

  3. cross98 Says:

    Bom , isso é muito claro , O Pianista é muito melhor , Chicago é só mais um musical , um musical chato

    • Roberto Siqueira Says:

      Não acho Chicago chato, de maneira alguma, mas ganhar o Oscar de melhor filme é exagero.
      Abraço.

    • cross98 Says:

      Pra mim O Pianista é o 3° melhor filme sobre o Holocausto, inferior à A Lista de Schindler (claro) e na minha opnião ( eu sei que você vai discordar) à A Vida é Bela

    • Roberto Siqueira Says:

      Três grandes filmes.
      Abraço.

  4. Elisangela Rosa Souza Barros Says:

    O PIANISTA MERECE DO MELHOR..

  5. Cesar Duarte Says:

    Foi o que disse, não dá para levar o oscar à sério,Chicago levar o prêmio em detrimento do ótimo O Pianista não dá para engolir e nem entender que tipo de critério(se é que tem), a academia. O gueto de Varsóvia mostrado em toda a sua crueza pelas mãos competentes de Roman Polanski e o talento de Adrien Brody. Quase tão bom quanto a Lista de Schindler.

    • Roberto Siqueira Says:

      Pois é, mas o Oscar é assim mesmo. Motivações políticas em muitas das decisões. Influência dos estúdios, etc…
      “O Pianista” é muito mais filme, com certeza. Mas o que importa é como estes filmes ficam na história. Hoje todo mundo lembra de “Touro Indomável”. Já “Gente como a Gente” nem tanto, não é mesmo?
      Abraço.

    • Sérgio Sampaio Says:

      Chicago era o mais fraco dentre os indicados..e não deveria nem estar entre os 5 indicados, já que o ótimo Adaptação, e até mesmo Fale com Ela ficaram de fora. SEM DÚVIDAS, O Pianista era (e é) o melhor filme daquele ano, e não é a ausência de um Oscar que diminuirá sua grandiosidade.

    • Roberto Siqueira Says:

      Concordo com você Sérgio.
      O Oscar existe somente para gerar lucros para as produtoras e debates como este aqui. Mas não é atestado de qualidade.
      E o tempo já mostrou que “O Pianista” ficará na história, muito mais que “Chicago”.
      Abraço.

  6. Edson Cinaqui Filho Says:

    Com toda certeza, nesse ano Chicago era o PIOR filme dentro os indicados…pra mim foi um dos anos mais injustos do Oscar. Entregaria o prêmio para “O Pianista” que é maravilhoso ou para “As Horas” que é psicologia pura – FENOMENAL.

    • Roberto Siqueira Says:

      Olá Edson.
      Com certeza “As Horas” e “O Pianista” mereciam mais o prêmio principal.
      Um abraço.

  7. Filipe S. Says:

    Comcordo que CHICAGO não é la essas coisas.Também não daria um oscar prara ele.
    Vou tentar ver O PIANISTA.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: