Pitacos da Copa das Confederações 2013 – Parte 2

A segunda rodada da Copa das Confederações confirmou algumas coisas e desmentiu outras.

Ficou evidente que a seleção brasileira ainda tem muito que evoluir, mas já está ganhando cara de time, o que é bom. Este México é certamente um dos mais fracos dos últimos anos, não à toa está penando nas Eliminatórias, mas o Brasil não tem nada com isso e jogou bem, principalmente nos primeiros 30 minutos de jogo.

Também ficou claro que a Espanha é disparada a melhor equipe do torneio. Não que o Taiti seja parâmetro, mas a simples escalação do time reserva espanhol escancara a distancia dela para os outros. Isto não impede que a Fúria seja derrotada, futebol é futebol, mas o nível da Espanha é claramente superior aos demais.

Percebemos também que a longa viagem e a curta distância entre o jogo das eliminatórias e a estreia na Copa das Confederações prejudicou bastante o Japão, que tem um ótimo time e pode fazer bonito em 2014. Já a Itália só comprovou o que já sabemos há décadas: tem uma das camisas mais pesadas do futebol mundial.

Finalmente, o Uruguai demonstrou a força de seu ótimo ataque e o envelhecimento de sua defesa, num jogo muito interessante contra a razoável Nigéria.

Repito: o nível dos jogos está excelente e a Copa de 2014, seja aonde for, tem tudo para apresentar partidas memoráveis. Agora resta esperar pela definição das semifinais, que se seguirem a lógica trarão dois clássicos continentais de arrepiar.

Um abraço.

Brasil x Mexico 2013Texto publicado em 22 de Junho de 2013 por Roberto Siqueira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: