Felicidade: O Nascimento do Raul

Se na chegada do meu primeiro príncipe a ansiedade e a adrenalina não permitiram que eu chorasse até o exato momento em que eu vi o Arthur chegar ao mundo (aí sim as lágrimas foram inevitáveis), desta vez eu já estava chorando ainda na sala de espera do hospital São Luiz, enquanto aguardava ansiosamente pela chegada do meu mais novo príncipe. Na verdade, eu já chorava desde a manhã, quando gravamos um vídeo com o Arthur agradecendo o irmão Raul pelo boneco do “Homem de Ferro” que ele gentilmente havia trazido para o irmão mais velho no dia de seu nascimento.

Aliás, desde o lindo dia em que soubemos que seríamos pais pela segunda vez, a emoção tomou conta da casa de maneira igualmente intensa. Se no primeiro filho o frio na barriga diante da desconhecida experiência faz a adrenalina subir, no segundo a experiência prévia nos faz ter noção do quão precioso é aquele instante – e, neste sentido, as duas experiências juntas se transformaram nos momentos mais especiais da minha vida.

Assim, mal podíamos esperar para chegar à maternidade. E isto aconteceu no dia 08 de Julho de 2013, por volta das 16 horas. Após preencher os documentos de praxe, eu, a mamãe e o Tutu fomos levados ao quarto onde nos hospedaríamos nos dias seguintes. Enquanto as enfermeiras checavam se tudo estava bem com você e a mamãe, nossos familiares foram chegando aos poucos para acompanhar sua chegada. A vovó Neuza, a vovó Jô, o vovô Val, a tia Kaka, o tio Adans, a tia Lúcia e o tio Gilberto, a Michele e o Edi, todos foram chegando aos poucos e aumentando a expectativa pelo grande momento. Por volta das 17h30min, eu e a mamãe fomos levados para a sala de parto, ela para a preparação, eu para o local onde nós papais ficamos aguardando. Neste momento, eu chorei. Chorei porque sabia o tamanho da emoção que estava por vir, chorei porque sabia que você encheria nosso lar de alegria e completaria uma família que, graças a Deus, pode simbolizar o amor verdadeiro. Chorei porque já imaginava como seria segurá-lo em meus braços, vê-lo brincando com seu irmão, vê-lo sendo paparicado pela mamãe assim como seu irmão é.

Quando fui chamado para a sala de parto, meu coração acelerado já estava preparado. Entrei e fiquei ao lado da mamãe, já anestesiada e emocionada. Alguns minutinhos se passaram e o Dr. Armindo me avisou “Olha lá papai!”. Levantei para ver pela primeira vez meu mais novo príncipe, meu lindo Raul que já nasceu imponente com seus 3,615 quilos e 50 centímetros. O choro compulsivo da mamãe e do papai foi inevitável. Acompanhei cada etapa seguinte de pertinho, a pesagem, os procedimentos médicos, etc., e depois fiquei com você ao lado da mamãe por um longo período. Antes disso, você foi colocado pertinho dela, pra sentir o calor daquela que tanto te ama. Os médicos saíram e ficamos nós três na sala. Em seguida, você foi levado para o banho, do qual eu participaria também.

Na sua chegada ao berçário, os familiares vibraram. O Arthur mandou beijos e disse que você parece com ele. Depois, participei de seu primeiro banho, sob os flashes das máquinas empolgadas da vovó Jô e da titia Kaka. Naquela mesma noite, você foi levado para o quarto para ficar conosco, demonstrando desde já seu jeito tranquilo de ser.

Chegamos a nossa casa com você pela primeira vez no dia 11 de Julho. O Arthur te esperava ansiosamente e quis participar da apresentação do seu lar. E desde então, a alegria impera ainda mais forte nesta família que tanto amo, que se tornou ainda mais completa e feliz com sua presença Raul.

Que Deus te abençoe sempre. Que sua vida seja repleta de saúde, paz e felicidade. Faremos tudo que for possível e impossível para fazer você e o Arthur felizes. Vocês são os maiores tesouros que Deus nos deu na vida.

Só posso agradecer a Deus e a sua mãe por terem me dado esta dádiva. Ser pai é com certeza a melhor experiência da minha vida!

Eu te amo! A mamãe te ama! O Tutu te ama!

São as palavras de seu papai babão e ansioso para jogar bola, andar de bicicleta e ver muitos filmes com você… Palavras que não representam 1% da alegria que sinto.

A felicidade plena existe: você, o Arthur e a mamãe me provaram que sim!

Beijos do papai.

Raul 001Texto publicado em 21 de Julho de 2013 por Roberto Siqueira

Anúncios

11 Respostas to “Felicidade: O Nascimento do Raul”

  1. 2 anos | Cinema & Debate Says:

    […] eu soube que teria a maior alegria da vida pela segunda vez, já podia imaginar tudo que estava por vir. A sensação de felicidade plena ao ver meu príncipe […]

  2. 5 anos | Cinema & Debate Says:

    […] exatos cinco anos eu ganhava o primeiro dos maiores presentes que Deus me deu. Desde então, aprendi a cada dia a ser uma pessoa […]

  3. Meu primeiro aniversário | Cinema & Debate Says:

    […] faz um ano que Deus completou nossa família com nosso príncipe […]

  4. Balanço de 2013 | Cinema & Debate Says:

    […] ano de 2013 foi excelente. Em primeiro e mais importante lugar, porque fui abençoado com a chegada do meu amado Raul, meu segundo príncipe que veio completar nossa linda família. Se nada mais tivesse acontecido, a […]

  5. Janerson Says:

    Simplesmente, parabéns. E que Deus os abençoe. Grande abraço.

  6. Vovó Jô Says:

    08 de Julho de 2013…
    O dia chegou!
    Você nasceu!
    Mais uma vez lá estava eu aguardando a chegada do meu neto, desta vez o Raul.
    Alegria, ansiedade, emoção (Tudo se repetia como naquele 22 de Fevereiro de 2010), acrescentado a isso o pensamento (tenho certeza não era só meu) de como seria a reação do Arthur ao ver pela primeira vez seu irmão Raul, e também minhas constantes orações a Deus para que tudo corresse bem com a Dri e o Raul durante e depois do parto.
    Os minutos pareciam horas! O relógio dava impressão de estar parado…
    De repente a enfermeira chegou e no segundo berçinho colocou você Raul.
    Lá estava meu outro príncipe, calmo… e dormia tranquilamente.
    Eu com o rosto colado no vidro, e as lágrimas rolando na face (como neste momento ao relembrar), em meu coração eu dizia:
    “Obrigada meu Deus por mais essa bênção que o Senhor nos dá! Ele é perfeito! Saudável E como é lindo, lindo, lindo!”.
    Tudo correu bem com a Dri e o Raul… Louvado seja o nome do Senhor Jesus para todo o sempre!”
    A vovó ficou ali olhando você um tempão devido às horas que agora pareciam segundos…
    Depois você foi para seu primeiro banho, supervisionado por seu papai e por mais uma escolta que estava com os olhos “colados” no vidro observando tudo… Nós!!!
    A vovó olhava cada parte de seu corpinho e dava graças a Deus pela sua perfeição…
    Não posso deixar de falar da alegria do Arthur e sua emoção gritando a todo pulmão com seu sorriso contagiante e cativante:
    “O Raul nasceu!!! Ele chegou!!!” e mandava beijos e acenava.
    Em meio a essa alegria chegou o Beto (que estava na sala de parto), e é claro foi abraçar o Arthur (que cena linda!). Ambos dirigiram-se para ver o Raul. Eu fiquei contemplando aquela imagem linda, linda, vendo meu filho e meu neto conversando com você… Na minha mente e no meu coração agradeci a Deus por tão grande riqueza!
    Ver meu filho ali abraçado com o Arthur falando com seus dois filhos numa alegria impossível de descrever, o coração de mãe vibrava duplamente, sem esquecer um momento sequer da Dri, que eu já sabia que estava bem e com certeza pensava na festa que nós estávamos fazendo no berçário e certamente vibrava…

    Raul meu neto amado, meu príncipe, meu tesouro, bênção e herança do Senhor (é o que você e o Arthur são para mim), a vovó te ama antes mesmo de você nascer e vou amá-lo enquanto eu viver.
    O desejo de meu coração e minhas constantes orações é que o Senhor te abençoe em todos os momentos de sua vida e conduza todos os seus passos!
    Que a bênção de Deus esteja sobre você, seu papai, sua mamãe, seu irmão Arthur e todos que te amam…
    Você e o Arthur são bênçãos de Deus em nossas vidas, motivo de nossa alegria, nossa maior riqueza.
    Beto e Dri, seria impossível descrever a alegria e a felicidade que sentimos por estar presente num momento tão especial e único, que vocês vivenciaram mais uma vez e de certa forma nós também.
    Obrigada por mais essa felicidade que vocês nos proporcionam.
    Vocês são uma família abençoada por Deus!
    “Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e não te esqueças de nem um só de seus benefícios.!” Sl. 103:2
    Tenham sempre um coração grato a Deus e O louve por tudo que Ele é e tem feito por vocês.
    Que Deus os abençoe e os capacite para criar seus filhos nos caminhos do Senhor, tendo como base A PALAVRA DE DEUS.
    Parabéns Beto e Dri!!!
    Amo vocês muito, muito!!!
    De coração,
    Mãe/Tia.

    Lembrem-se sempre:
    “HERANÇA DO SENHOR SÃO OS FILHOS…” Sl. 127:3

  7. Tia Kaká! Says:

    Ser Tia é uma das maiores bençãos que Deus pôde me dar!
    Se não a maior até hoje!
    Saber que teria mais um sobrinho fez meu coração pular!

    O Raul é um presente do nosso Deus!
    Uma benção sem tamanho, que veio pra trazer alegria junto com o Tú!

    Não consigo explicar a emoção quando o vi no berçário!
    Já havia passado por isso! Mas tudo se renova, acontece de uma forma única e especial.. assim como com o Arthur!
    Era uma mistura de felicidade, com êxtase, vontade de chorar descontrolada de tanta alegria! E chorei! rs
    E ele tão lindo, calmo, sereno… Que felicidade!

    Daí o Arthur me chamou e disse: “Ele nasceu Tia Kaína.. ele nasceu! Ele parece comigo!” rsrs
    O que mais uma Tia quer?
    Meus dois príncipes alí, diante de mim!

    Raul, meu amor! Que nosso Deus te abençoe em tudo, que sua vida seja cheia de alegrias, conquistas, realizações… E que Deus esteja sempre à frente de tudo que você fizer!

    Você é um presente de Deus pra todos nós!
    E eu te amo muito! Muito mais do que você possa imaginar!
    Mais do que as palavras possam expressar!

    Um dia, quando você ler esse texto, saiba de uma coisa:
    Sua Tia te ama muito! Desde antes de você nascer!
    Meu maior presente é tê-los comigo!
    Pode ter certeza que vocês tem uma Tia que faz e fará tudo por vocês! Sempre!

    Um beijo da sua Tia Karina! =)

    Obs: Bé e Dri! Que maravilha é receber esse presente! Que Deus abençoe cada dia mais essa família linda! A nossa família!
    Eu amo vocês!

  8. Hugo Says:

    Parabéns Roberto. Filhos realmente são uma grande felicidade. Tenho 2 e sei como é. Felicidades para toda a sua família.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: